O Paraná, além de fazer fronteira com o Paraguai e a Argentina, é o único estado da região sul que faz divisa com um estado de outra região.

O nome do estado é originário do rio que delimita o território cuja origem vem de língua indígena que significa ‘rio’. É formado em sua grande maioria por planaltos e algumas planícies como a baixada litorânea. A vegetação da região está dividida em campos e florestas do tipo subtropical. É um estado produtor de soja, trigo, milho, bovinos e suínos; isto é, a economia é movida pela agricultura e pecuária. É o maior produtor de milho e o segundo de cana-de-açúcar e de soja. A área industrial vem crescendo tanto na capital como no interior, principalmente na alimentícia, na automobilística, na de madeira e na de vestuário.

Os turistas, frequentemente, se sentem tentados a viajarem ao Paraná para conhecer as famosas Cataratas do Iguaçu, porém não é a úncia razão da visita, sem sombra de dúvidas. Curitiba que é a sua capital é a mais fria de todas as capitais brasileiras  e chama atenção pelo seu estilo moderno de urbanização como o Teatro Ópera de Arame e o Museu Niemeyer. O passeio de trem para Morretes é o passeio mais procurado em Curitiba. Já na lista de lugares especiais e pouco visitados está o passeio Curitiba Outro Olhar.

E na questão culinária, por que não provar um prato bastante exótico? A carne de onça. Outro local bonito é o Vale do Itacaré, cercado por mata atlântica e passeios de trilhas, cachoeiras e cânions a 311 km da capital paranaense. Uma das grandes descobertas foi o Cânion Guartelá, o sexto mais extenso do mundo, situado entre os municípios de Castro e Tibagi. Vale muito a pena conhecer essa terra encantadora cheia de lugares históricos.