Minas Gerais é o terceiro estado mais rico do país, perdendo apenas para o Rio de Janeiro e São Paulo. É o segundo estado mais populoso do Brasil. Faz parte da região sudeste e faz divisas com São Paulo ao sul e sudoeste, com o Goiás e o Distrito Federal a noroeste, com o Rio de Janeiro a sudeste e a Bahia a norte e nordeste.

A economia é impulsionada pela agricultura através das produções de abacaxi, banana, café, cana-de-açúcar, feijão, milho e soja; pela pecuária através da avicultura, bovinocultura de corte, produção de leite e suinocultura. Também possui o terceiro maior parque industrial brasileiro nas indústrias alimentícia, de automobilística, de construção civil, de mineração, de minerais não-metálicos, têxtil e de produtos químicos. No Parque Nacional do Caparaó se localiza o Pico da Bandeira, divisa com o estado do Espírito Santo. Atrai principalmente amantes do montanhismo já que esse ponto turístico fica em uma serra. Se por alguma razão não quiser escalar as montanhas, ainda assim é possível aproveitar o parque que oferece trilhas menores, banhos de cachoeira ou até mesmo piscinas naturais.

As belezas históricas de Ouro Preto também estão na lista dos viajantes, sobretudo de historiadores, pois o local apresenta construções dos séculos XVII e XVIII cobertas pela vegetação verde. Na Serra da Canastra encontramos Capitólio com lindas obras naturais rochosas cercadas por água, um dos principais pontos de ecoturismo do estado. Seguindo um pouco mais de história, o Bicame de Pedras não pode faltar na sua lista de pontos turísticos. É um aqueoduto feito por escravos no final do século XVIII em Catas Altas para  transportar água da Serra da Caraça até Brumado. Não podemos deixar de mencionar a capital, Belo Horizonte, conhecida como ‘A capital mundial dos botecos’ por possuir o bairro mais boêmio da cidade: Savassi.